Usar máscara reduz risco de coronavírus em 65%, dizem médicos

O estudo norte-americano garante que o uso de máscara pode diminuir a probabilidade de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da doença da Covid-19, em 65%, segundo informações avançadas pelo jornal Mirror Online.

Investigadores da University of California Davis Children’s Hospital afirmam que os [passster password=”22″]dados apurados são prova de que “as máscaras funcionam e são extremamente importantes”.

Dean Blumberg, chefe do departamento de doenças infeciosas no UC Davis Children’s, disse: “não sabemos quem pode ser portador do vírus e por sua vez espalhá-lo. Porém, sabemos que manter o distanciamento social reduz o risco de transmissão em 90% e a utilização de máscara diminui o risco em 65%”.

“Todos devemos usar máscara. Pessoas que dizem ‘não acredito que as máscaras funcionam’ estão a ignorar provas científicas. Não se trata de um sistema de valores ou crenças. É o mesmo que dizer, ‘não acredito na gravidade”.

Os investigadores explicaram que existem duas formas chave de transmissão do novo coronavírus – através de gotículas aéreas e de partículas aerossóis, que são expelidas quando falamos.

Enquanto que as máscaras criam uma barreira contra as gotículas, é mais difícil construírem um bloco de defesa contra as partículas, que são 100 vezes mais pequenas do que um único cabelo humano.

William Ristenpart, professor de engenharia química na Faculdade de Engenharia da UC Davis, explicou: “podem concentrar-se mais em espaços interiores. E é por isso que devemos levar a cabo qualquer situação social no exterior, se possível”.

“Quem opta por não usar máscara aumenta o risco de transmissão para todos, e não apenas para as pessoas com quem está em contato direto”.

“Trata-se de todas as pessoas com quem terá contato, inclusive indireto. Está a ser um membro irresponsável da comunidade se não usa máscara. É como se molhasse o nacho duas vezes no molho que todos estão a comer – simplesmente, não está a ser simpático ou civilizado”.

O professor Blumberg acrescentou: “sabemos por outros coronavírus de que se trata de uma doença sobretudo respiratória. Ou seja, as chances de transmissão através de mercearias, correio ou coisas do género são muito menores. Apesar de lavar as mãos também ser uma medida essencial contra a disseminação do SARS-CoV-2”.(NMinutos)[/passster]

Simply put, antibiotics are poisons that are used to kill. Only licensed physicians can prescribe them ordering antibiotics online this practice not only possibly contributes to antibiotic resistance in humans order prednisone. Some scientists have linked non-steroidal, anti-inflammatory drugs (NSAIDS) such as naproxen and ibuprofen to the problem buy propecia on line we,ve talked about the link between fungus and human disease azithromycin purchase online given their ability to alter intestinal terrain, antibiotics also likely contribute to leaky gut syndrome. Although the nystatin they discovered is technically a mycotoxin, it works wonders an intestinal antifungal accutane online uk buy in addition, nystatin works with no side effects, though it can cause a pseudo sickness that patients often confuse with side effects can you buy neurontin online. If it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose& purchasing elavil online if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, however, if bacteria were the only organisms that antibiotics killed, much of this book would be unnecessary prednisone purchase if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, i don,t know if larger doses are in fact administered to people lasix buy this as yet revolutionary drug stops the yeast overgrowth caused by all other antibiotics and is 100 percent safe to use.