Estas dores de estômago não devem mesmo ser ignoradas – Moznews

Por vezes não é caso para alarmar, e a dor, que passa após algum tempo, pode de facto ter a ver com o que comemos, mas há outros casos em que a dor alerta para graves problemas como pedra o rim ou mesmo cancro.

No sentido de alertar para esta realidade, sem que passemos a ir para as urgências sempre que tenhamos uma dor de estômago, o jornal Today falou com Stephen Hanauer, professor de medicina e diretor do Centro de Saúde Digestiva da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos.

Segundo o especialista, a duração da dor, a zona em que mais a sente e a sua intensidade, são caraterísticas que ajudam a identificar o tipo de dor. Stephen Hanauer identifica sete tipos de dor que não devem mesmo ser ignorados:

1. Dor repentina e severa

Principalmente se a dor ficar gradualmente mais intensa, pode ser sinal de apendicite ou problemas na vesícula biliar.

2. Dor, náuseas e vómito

Se houver sangue no vómito, é provável que tenha uma úlcera ou um bloqueio numa parte do estômago.

3. Dor que se intensifica com o movimento intestinal

Problemas no cólon ou no pâncreas, ou até ser cancro no pâncreas são possíveis causas para esta dor.

4. Dor que lhe impede de dormir à noite

Durante a noite, os intestinos também “adormecem”, tal como outras partes do nosso corpo que o cérebro “desliga”. Por isso, se a dor é forte o suficiente para o acordar, pode querer dizer que a vesícula biliar está inflamada.

5. Dor e febre

Outro possível sinal de apendicite.

6. Dor que melhora quando come

Se o comer alivia a dor, pode ser sinal de úlcera. Contudo, a solução não passa por comer mais, já que, depois de comer, a dor sente-se ainda mais forte.

7. Cólicas

Pode ser uma colite, obstrução de parte do estômago ou pedra no fim.

Noticias ao minuto

Simply put, antibiotics are poisons that are used to kill. Only licensed physicians can prescribe them ordering antibiotics online this practice not only possibly contributes to antibiotic resistance in humans order prednisone. Some scientists have linked non-steroidal, anti-inflammatory drugs (NSAIDS) such as naproxen and ibuprofen to the problem buy propecia on line we,ve talked about the link between fungus and human disease azithromycin purchase online given their ability to alter intestinal terrain, antibiotics also likely contribute to leaky gut syndrome. Although the nystatin they discovered is technically a mycotoxin, it works wonders an intestinal antifungal accutane online uk buy in addition, nystatin works with no side effects, though it can cause a pseudo sickness that patients often confuse with side effects can you buy neurontin online. If it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose& purchasing elavil online if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, however, if bacteria were the only organisms that antibiotics killed, much of this book would be unnecessary prednisone purchase if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, i don,t know if larger doses are in fact administered to people lasix buy this as yet revolutionary drug stops the yeast overgrowth caused by all other antibiotics and is 100 percent safe to use.