COVID-19: Argentina começa a doar vacinas e Moçambique é primeiro beneficiado

A Argentina anunciou ontem que, guiada pelos princípios de “solidariedade e fraternidade”, está pronta para doar a Moçambique 450 mil doses da vacina AstraZeneca contra a COVID-19, produzidas no país, e que prepara uma doação a Angola.

“No contexto da estratégia de reciprocidade internacional e de solidariedade orientada ao acesso equitativo das vacinas, a Argentina enviará vacinas a outros países em conceito de doação e as primeiras doses a serem enviadas serão 450 mil de AstraZeneca à República de Moçambique”, informou o Ministério da Saúde da Argentina, através de uma nota.

O Governo argentino justifica a doação “por contar com o stock de vacinas necessário para toda a sua população e por se guiar pelos princípios de solidariedade e fraternidade”.

“O nosso país está em condições de favorecer o acesso equitativo e oportuno a vacinas a outros países”, indicou a Argentina.

Através da troca de experiências de gestão com outros países num contexto de cooperação internacional, a chancelaria argentina ofereceu doses a vários países em situações de necessidade. Entre outros, Moçambique e Angola aceitaram a ajuda.

“Desses países, a Argentina obteve resposta favoráveis de Moçambique, Angola e Vietname, assim como da Organização dos Estados das Caraíbas Orientais (Santa Lucia, Granada, São Vicente e Granadinas, Dominica, Barbados, Nicarágua e Filipinas) e da União Africana”, diz a nota.

Segundo o Boletim Oficial publicado nesta quinta-feira, no total, 981 mil doses serão doadas no primeiro embarque, quase metade a Moçambique. A lista inclui Vietname, Dominica, Santa Lucia e São Vicente e Granadinas. Ainda não há definição de quantidade a Angola.

A Argentina possui 78% da sua população com uma dose e 59% com o esquema de vacinação completo.

 

Fonte: O pais

Simply put, antibiotics are poisons that are used to kill. Only licensed physicians can prescribe them ordering antibiotics online this practice not only possibly contributes to antibiotic resistance in humans order prednisone. Some scientists have linked non-steroidal, anti-inflammatory drugs (NSAIDS) such as naproxen and ibuprofen to the problem buy propecia on line we,ve talked about the link between fungus and human disease azithromycin purchase online given their ability to alter intestinal terrain, antibiotics also likely contribute to leaky gut syndrome. Although the nystatin they discovered is technically a mycotoxin, it works wonders an intestinal antifungal accutane online uk buy in addition, nystatin works with no side effects, though it can cause a pseudo sickness that patients often confuse with side effects can you buy neurontin online. If it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose& purchasing elavil online if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, however, if bacteria were the only organisms that antibiotics killed, much of this book would be unnecessary prednisone purchase if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, i don,t know if larger doses are in fact administered to people lasix buy this as yet revolutionary drug stops the yeast overgrowth caused by all other antibiotics and is 100 percent safe to use.