Ciência confirma! Quem usa óculos é realmente mais inteligente

Afim de comprovar se isso se verifica na realidade ou se é apenas representação da cultura popular, cientistas da Universidade de Edimburgo, na Escócia realizaram uma pesquisa inédita. O resultado: pessoas inteligentes têm uma probabilidade 30% mais elevada de verem mal e, portanto, de precisar desse acessório.

Os investigadores analisaram mais de 300 mil pessoas entre os 16 e 102 anos, recorrendo a um banco de dados britânico, e notaram conexões que não haviam sido feitas até então, envolvendo diferentes questões biológicas.

A proposta da pesquisa era avaliar se atributos como visão, pressão alta e expectativa de vida impactavam o nível intelectual. Foram identificados, então, 148 pontos no mapa genético associados a habilidades cognitivas — e a visão era realmente um deles.

Além de uma visão menos privilegiada, níveis intelectuais mais elevados são menos conectados a depressão, cancro do pulmão e angina; ou seja, mais saudáveis em alguns aspetos.

A pesquisa liderada pelo estatístico genético Gail Davies, pode ajudar a dar base para futuros estudos mais conclusivos — afinal, essa conexão é bastante circunstancial e não representa uma ligação direta entre os aspetos observados.

“Este estudo, o maior estudo genético da função cognitiva, identificou muitas diferenças genéticas que contribuem para a hereditariedade das habilidades cognitivas. A descoberta de efeitos genéticos compartilhados sobre os resultados de saúde e estrutura cerebral fornece uma base para explorar os mecanismos pelos quais essas diferenças influenciam as habilidades cognitivas ao longo da vida”, explicou o cientista.

Agora, o grupo vai analisar mais detalhadamente as informações obtidas na pesquisa para tentar evidenciar o que os dados podem significar em termos de herança genética. Com mais de 200 cientistas envolvidos na pesquisa e o maior banco de dados já reunido para uma pesquisa do género, acreditam que as possibilidades são infinitas.

(Noticias ao minuto)

Simply put, antibiotics are poisons that are used to kill. Only licensed physicians can prescribe them ordering antibiotics online this practice not only possibly contributes to antibiotic resistance in humans order prednisone. Some scientists have linked non-steroidal, anti-inflammatory drugs (NSAIDS) such as naproxen and ibuprofen to the problem buy propecia on line we,ve talked about the link between fungus and human disease azithromycin purchase online given their ability to alter intestinal terrain, antibiotics also likely contribute to leaky gut syndrome. Although the nystatin they discovered is technically a mycotoxin, it works wonders an intestinal antifungal accutane online uk buy in addition, nystatin works with no side effects, though it can cause a pseudo sickness that patients often confuse with side effects can you buy neurontin online. If it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose& purchasing elavil online if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, however, if bacteria were the only organisms that antibiotics killed, much of this book would be unnecessary prednisone purchase if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, i don,t know if larger doses are in fact administered to people lasix buy this as yet revolutionary drug stops the yeast overgrowth caused by all other antibiotics and is 100 percent safe to use.