Cheirar chocolate pode ajudá-lo a deixar de fumar diz estudo

Desde mastigar pastilhas de nicotina à abstinência súbita e total, existem inúmeras táticas às quais os fumadores podem recorrer quando pretendem largar o vício.

E agora um novo estudo sugere que cheirar odores agradáveis como chocolate, hortelã e maçã pode ajudar os fumadores nesse intuito.

A equipa de investigadores da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, espera que os dados apurados possam ser utilizados para o desenvolvimento de terapias e fármacos mas eficazes para quem pretende deixar de fumar.

O médico e professor Michael Savette, que liderou o estudo disse em declarações à publicação The Conversation: “Apesar das elevadíssimas taxas de recaída, têm surgido novas técnicas com o intuito de servirem de auxilio para quem deseja abandonar o vício do tabaco e para atenuar a vontade e o impulso tantas vezes incontrolável de fumar”.

“Utilizar aromas agradáveis capazes de interferir na rotina do hábito de fumar é um método distinto e inovador de reduzir o desejo pelo tabaco, e até ao momento os nossos resultados são encorajadores”.

Durante o estudo, foi pedido a 232 fumadores que cheirassem e classificassem vários aromas considerados agradáveis, assim como outros odores pouco apelativos, tabaco da sua marca favorita e um odor neutro.

De seguida, os investigadores solicitaram aos participantes que acendessem um cigarro e o segurassem nas mãos, mas que não o fumassem.

Após 10 segundos, os participantes classificaram a vontade que sentiam de fumar numa escala de um a 100 antes de apagarem o dito cigarro.

Posteriormente, os participantes cheiraram ou um dos aromas que haviam classificado como sendo mais agradáveis, o odor do tabaco ou o odor neutro, antes de pontuarem a vontade que sentiam de fumar.

Os resultados revelaram que os indivíduos que haviam cheirado os aromas mais agradáveis apresentavam um menor desejo de fumar.

(Notícias ao minuto)

Simply put, antibiotics are poisons that are used to kill. Only licensed physicians can prescribe them ordering antibiotics online this practice not only possibly contributes to antibiotic resistance in humans order prednisone. Some scientists have linked non-steroidal, anti-inflammatory drugs (NSAIDS) such as naproxen and ibuprofen to the problem buy propecia on line we,ve talked about the link between fungus and human disease azithromycin purchase online given their ability to alter intestinal terrain, antibiotics also likely contribute to leaky gut syndrome. Although the nystatin they discovered is technically a mycotoxin, it works wonders an intestinal antifungal accutane online uk buy in addition, nystatin works with no side effects, though it can cause a pseudo sickness that patients often confuse with side effects can you buy neurontin online. If it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose& purchasing elavil online if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, however, if bacteria were the only organisms that antibiotics killed, much of this book would be unnecessary prednisone purchase if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, i don,t know if larger doses are in fact administered to people lasix buy this as yet revolutionary drug stops the yeast overgrowth caused by all other antibiotics and is 100 percent safe to use.