Beber álcool em excesso na adolescência modifica o cérebro

O consumo excessivo de álcool na adolescência está associado a mudanças no significativas e detrimentais no cerebelo no começo da idade adulta, segundo um novo estudo realizado por investigadores da Universidade da Finlândia Oriental e do Hospital Universitário Kuopio, reporta um artigo publicado na revista Galileu.

Estudos prévios já haviam mostrado que as bebidas alcoólicas poderiam provocar danos nessa zona do cérebro, responsável pelo equilíbrio organismo e fundamental para os movimentos involuntários e para a aprendizagem motora. Todavia, a maioria dessas pesquisas concentrou-se somente em pessoas na fase adulta.

Tendo isso em mente, os investigadores finlandeses monitorizaram 58 adolescentes durante uma década de modo a averiguar como o hábito de beber em excesso pode impactar no cerebelo.

Os voluntários foram divididos em dois grupos, nomeadamente 33 que ingeriam álcool em demasia e 25 que não bebiam ou que só o faziam excecionalmente.

De acordo com a revista Galileu, quando os participantes do estudo tinham entre 21 e 28 anos, foram então submetidos a ressonâncias magnéticas.

Os investigadores notaram que, apesar de todos os indivíduos apresentarem uma capacidade cognitiva normal e de nenhum preencher os critérios associados a um diagnóstico de transtorno de consumo de álcool, quem registava um historial de beber exageradamente exibia alterações no volume dos lóbulos posteriores do cerebelo, comparativamente aos voluntários que consumiam álcool em pouca ou nenhuma quantidade.

“Essas áreas do cérebro estão associadas às funções motoras e cognitivas”, disse Virve Kekkonen, líder do estudo e especialista em Psiquiatria Adolescente, num comunicado emitido à imprensa.

“Contudo, mais pesquisas são necessárias para avaliar o significado e as implicações dessas descobertas”, acrescentou.

O estudo foi divulgado na publicação académica Alcohol.

(NMINUTO)

Simply put, antibiotics are poisons that are used to kill. Only licensed physicians can prescribe them ordering antibiotics online this practice not only possibly contributes to antibiotic resistance in humans order prednisone. Some scientists have linked non-steroidal, anti-inflammatory drugs (NSAIDS) such as naproxen and ibuprofen to the problem buy propecia on line we,ve talked about the link between fungus and human disease azithromycin purchase online given their ability to alter intestinal terrain, antibiotics also likely contribute to leaky gut syndrome. Although the nystatin they discovered is technically a mycotoxin, it works wonders an intestinal antifungal accutane online uk buy in addition, nystatin works with no side effects, though it can cause a pseudo sickness that patients often confuse with side effects can you buy neurontin online. If it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose& purchasing elavil online if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, however, if bacteria were the only organisms that antibiotics killed, much of this book would be unnecessary prednisone purchase if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, i don,t know if larger doses are in fact administered to people lasix buy this as yet revolutionary drug stops the yeast overgrowth caused by all other antibiotics and is 100 percent safe to use.