Atenção. Erros na cozinha que colocam a sua saúde em risco

Alguns hábitos dos cozinheiros ‘amadores’ são bastante comuns, como lavar o frango. Mas será que esta é a melhor opção – ou a mais saudável?

Descubra a seguir seis erros que a maioria das pessoas comete na cozinha, segundo o site Viva Bem, do UOL.

1. Lavar o frango – se a ideia é ‘retirar bactérias’, não adianta nada lavar a ave, muito pelo contrário. Já que aumenta exponencialmente o risco de contaminar todos os alimentos ou superfícies ao seu redor (devido ao jato e ao jorrar da água). Para acabar com as bactérias do frango, basta cozinhá-lo muito bem.

2. Descongelar e congelar a carne – Uma vez descongelada, a carne não pode ser recongelada. Ao ser descongelada, as bactérias começam a multiplicar-se e, para matá-las, siga a mesma dica do frango: cozinhe muito bem a carne.

3. Não lavar a esponja – lavar a esponja com água e sabão não mata os mais de 680 milhões de fungos e bactérias presentes no objeto. Já colocá-la diariamente dentro de 1 litro de água com duas colheres de sopa de água oxigenada por 10 minutos resolve o problema.

4. Ovos nas prateleiras laterais do frigorífico – A porta é o local com maior oscilação de temperatura, o que ajuda na proliferação de bactérias, principalmente de alimentos como ovos, queijo, iogurtes e carne. Guarde nessa zona apenas alimentos com baixo risco de contaminação, como água, sumos, condimentos e fruta.

5. Lavar a salada com vinagre – A acidez do vinagre é considerada baixa, por isso não é suficiente para eliminar as bactérias de verduras, legumes e frutas (se fosse, bastava temperar a salada). Para lavar, é preciso deixar os alimentos crus por 10 a 15 minutos numa solução de 1 litro de água e uma colher de sopa de hipoclorito de sódio.

6. Não lavar a tábua de madeira – Os vincos que se formam nas tábuas de madeira (e de plástico) são o esconderijo perfeito para as bactérias. O ideal é usar uma tábua de vidro ou deixá-la mergulhada numa solução de 1 litro de água e uma colher de sopa de água oxigenada.

(Noticias ao minuto)

Simply put, antibiotics are poisons that are used to kill. Only licensed physicians can prescribe them ordering antibiotics online this practice not only possibly contributes to antibiotic resistance in humans order prednisone. Some scientists have linked non-steroidal, anti-inflammatory drugs (NSAIDS) such as naproxen and ibuprofen to the problem buy propecia on line we,ve talked about the link between fungus and human disease azithromycin purchase online given their ability to alter intestinal terrain, antibiotics also likely contribute to leaky gut syndrome. Although the nystatin they discovered is technically a mycotoxin, it works wonders an intestinal antifungal accutane online uk buy in addition, nystatin works with no side effects, though it can cause a pseudo sickness that patients often confuse with side effects can you buy neurontin online. If it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose& purchasing elavil online if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, however, if bacteria were the only organisms that antibiotics killed, much of this book would be unnecessary prednisone purchase if it does, and if a given dose of penicillin will kill 50 percent of mice injected, it stands to reason that a much larger dose&, i don,t know if larger doses are in fact administered to people lasix buy this as yet revolutionary drug stops the yeast overgrowth caused by all other antibiotics and is 100 percent safe to use.