Ultimate magazine theme for WordPress.

Twenty Fingers sai de mãos vazias do Ngoma Moçambique após muito trabalho em 2023

Ngoma Moçambique

 

Por: Jeremias Gotine

Na última sexta-feira, foram anunciados e conhecidos na cidade da Beira, os vencedores do “Ngoma Moçambique” 2023.

Na cerimónia, a Banda Djaaka saiu vitoriosa com uma viatura zero quilómetros (0km); Humberto Luís tendo ganho “canção popular”, com prémio de 300 mil meticais; Deltino Guerreiro “melhor voz masculina”, com prémio de 100 mil meticais e por último, a cantora Àquila Serenatas considerada “artista revelação”, com prémio de 75 mil meticais.

Sem nunca antes ter se envolvido em polémicas no que diz respeito aos prémios, Ngoma Moçambique tem um histórico de ser a única melhor organização nacional, que sabe “dar ao César o que é de César”, mas, depois dos resultados anunciados na sexta-feira, Ngoma Moçambique deixou várias pessoas indignadas.

Segundo opinião pública, o músico e compositor Twenty Fingers não devia ter saído do “Ngoma Moçambique” de mãos vazias, pois, a música intitulada “Uau” é a canção mais popular do ano 2023.

Nas redes sociais, muitos internautas que até podem não ter votado da mesma forma que contestam os resultados, entendem que Humberto Luís é um dos melhores cantores, mas com a canção intitulada “Não sou nada sem ti” não supera a música “Uau” da autoria do músico Twenty Fingers.

Por cima da contestação dos resultados do “Ngoma Moçambique” importa lembrar que, 2023 foi o ano em que Twenty Fingers mais trabalhou, mas pode não ter tido o maior número de votos do que os vencedores anunciados pelo concurso.

– Xeque-mate!