Ultimate magazine theme for WordPress.

Hit “Yaba Buluku” com participação de Burna Boy é considerado maior sucesso mundial

Sucesso Yaba Buluku e Burna Boy

Escrito por: Elves Mucachua

Em 2020, ano em que Moçambique estava mergulhar nas profundezas da crise global de saúde, um ano diferente que parecia ser bom, mas milhões de pessoas perderam seus postos de trabalho, familiares e amigos.

Aquele maldito ano trouxe também coisas boas para o mundo, a música foi o consolo de muitas pessoas. Em Moçambique, quando menos se esperava uma novidade, o grupo Afro Madjaha, surpreendeu pela positiva ao lançar a música “Yaba Buluku”, que nos primeiros dias recebeu muita crítica (negativa), por causa do seu contexto.

Desvalorizada na zona sul de Moçambique, o hit “Yaba Buluku”, ganhou espaço de destaque nas plataformas digitais na vizinha África do Sul; Enquanto a música era um sucesso na terra do Nelson Mandela, em Moçambique, os críticos começaram a escutar a mesma música nas festas, depois de acusarem os autores de ter proferido palavras inadequadas e por incrível que pareça, a música escandalosa foi normalizada nas cerimónias familiares.

Depois da polémica, sem passaporte, a música chegou na Nigéria, e o astro da música daquele cantor africano, Burna Boy, não pensou duas vezes, para entrar em contacto com empresário musical, sul africano, Geobek, para informá-lo que queria fazer uma remix com os donos de “Yaba Buluku”.

O interesse do Burna foi a melhor coisa que aconteceu na vida dos Afro Mabjaha, hoje “Yaba Buluku Boyz”; Os donos da música (DJ Tarico, Nelson Tivane, e Preck)e aceitaram gravar com Burna Boy, na Nigéria, e o vídeo, foi lançado em 2022, contando atualmente com mais de 20 milhões de visualizações no YouTube.

Na semana passada, quando o compositor da música, Nelson Tivane, estava no programa “Por Detrás do Piano” na STV, o apresentador e produtor musical Zé Pires, disse que, a música “Yaba Buluku” é um sucesso mundial.

“Yaba Buluku” é uma música que temos que reconhecer que é um sucesso mundial, eu de facto quando escutei a música na vizinha África do Sul, logo liguei para o Nelson Tivane, para dizer que eu queria agenciar o grupo, mas depois a coisa não funcionou. De facto quando a música tocou na discoteca de África do Sul, aquilo foi um bum”. Disse Zé Pires.