Ultimate magazine theme for WordPress.

Guyzelh Ramos diz que MC Roger é uma lenda do drip “Não há comparação”

Por: Jeremias Gotine

Sem sombra de dúvidas, das celebridades moçambicanas, Guyzelh é a figura pública com mais audiência em lives feitas no Instagram e ele tem aproveitado isso para promover debates sobre a sociedade moçambicana, angolana e lusófona em geral, e no decorrer desta semana houve mais uma transmissão.

Desta vez Guyzelh teve a participação de alguns angolanos da área da moda, o debate foi intenso durante horas. No decorrer da conversa levantou-se uma hipótese sobre quem veste melhor entre Guyzelh e o cantor MC Roger, um artista que diz ser o mais popular do Rovuma ao Maputo, do Zumbo ao Indico.

Entretanto, Guyzelh decidiu simplificar esse debate, dizendo que MC é uma lenda do drip e que não havia espaço para comparação entre os dois. Foi com essa humildade que Txio Gugu arrancou vários elogios dos internautas ligados naquele momento. Sem esquecer de dizer que o influencer fez a referida live fora de Moçambique, visto que actualmente tem aventurado muito.

Vale também lembrar que uma vez, o rapper e apresentador, Dygo Boy disse em vídeo que além do Guyzelh Ramos, não há mais ninguém que aperta-lhe no drip, pelo menos em Moçambique; Essa fala gerou muita polémica a nível da imprensa digital e convencional.

Muitos assuntos subordinados surgiram por conta desse pronunciamento do Madoda; Até que chegou a vez do Zebito (Irmão da empresaria Mana Lurdes); Zebito apareceu num vídeo a falar sobre Dygo e Guyzelh, nesse quesito de saber vestir.

Segundo as falas do Zebito: Dygo mal sabe vestir e as roupas que o mesmo usa resumem-se em plásticos enquanto Guyzelh veste roupas de nigerianos misturando com algumas originais para atrapalhar o público, levando destaque de quem tem arte de combinação de peças de roupa.

Na época do barulho, Chipenete foi convidado ao programa do Fred Jossias, onde acabou por perder alguma admiração que havia conquistado a quando de braço de ferro contra a dupla Dygo e Guyzelh, porque Zebito defendia que a camada juvenil não poderia perder seu rico tempo em debate sobre roubas, ao invés de preparar um futuro melhor.

Na live em questão, Guyzelh defendia que vestir bem não é sobre usar roupa de marca, mas sim saber conjugar as peccas, tanto que, ele não tem curtido muito essa vibe de seguir grife de marcas de luxo, mas nem com isso quer dizer que não usa roupas do género.

Dygo Boy também estava acompanhando na live e reforçou a ideia de que Guyzelh Ramos carrega Moçambique quando se trata de vestir melhor, através da caixa de comentários, assim como outros usuários da plataforma, conectados naquele dia.

De referir que homem do auto estima, MC Roger é respeitado por ser o primeiro artista da nação a investir em roupas caras ou de alto padrão ao ponto de ser tratado como “Patrão da Musica Moçambicana”, sendo igualmente o perito em gravação de vídeo clipes de grande qualidade