Vendedores informais chamados a recuperar produtos apreendidos

VENDEDORES informais que exercem o comércio em locais impróprios ou em situação de ilegalidade  devem  observar o processo de  registo dos seus produtos, em caso de apreensão, de forma a facilitar a recuperação no Conselho Municipal da Cidade de Maputo (CMCM).

A exortação é do departamento da Polícia Municipal que tem vindo a recolher diversos produtos comercializados em lugares proibidos para a actividade.

O porta-voz da Polícia Municipal no CMCM, Mateus Cuna,  explica que os produtos perecíveis podem ser recuperados três horas após a apreensão e os não perecíveis são conservados  durante sete dias na sede do Conselho Municipal da Cidade de Maputo.

“Passadas três horas, todos produtos perecíveis não recuperados são encaminhados para as instituições de caridade e os não perecíveis são convertidos a favor do Estado para posterior venda em hasta pública”, explicou Mateus Cuna.

Por outro lado,  nos últimos 15 dias, de 30 de Agosto a 12 de Setembro, a Polícia Municipal autuou 33 automobilistas por transportar passageiros em carrinhas do tipo caixa aberta, vulgo “My love”, e outros 116 por estacionamento irregular, maioritariamente no distrito municipal Kampfumo.

Cuna observa ainda que no mesmo período foram autuados sete automobilistas por desvio e encurtamento de rota, na cidade de Maputo.

Fonte: RM