FIlipe Nyusi lamenta a morte do artista plástico Mankew

O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, emitiu uma mensagem de condolências pela morte do artista plástico, Mankew Valente Mahumana, ocorrido segunda-feira (13), vítima de doença e vai a enterrar hoje em Ndixe, distrito de Marracuene, província de Maputo

Na missiva, o Chefe do Estado afirma que a cultura moçambicana está de luto. “O país perdeu um dos embondeiros das artes plásticas nacionais, o pintor Mankew Valente Mahumane”.

“Mankew, como era conhecido nos meandros da arte, foi um exímio contador de histórias através de telas, e faz parte de uma geração de artistas que contribuiu para a consolidação das Artes Plásticas em Moçambique e elevação da nossa identidade cultural, pela sua dedicação à vida artística, política e social do país”, refere a nota enviada a redacção.

Pela valentia e tenacidade em prol do desenvolvimento das artes e cultura, foi-lhe conferido em 1985, pelo primeiro Presidente de Moçambique Independente, a medalha Nachingwea e em 2014, foi igualmente condecorado com a “Medalha de Artes e Letras”.

Neste momento de dor e luto, Nyusi endereça em nome de toda classe artística, do povo moçambicano, do Governo de Moçambique as mais sentidas condolências.

 

Fonte: RM