EUA lançam segunda fase de formação militar em Moçambique

O governo norte-americano lançou a segunda fase do programa de formação militar para comandantes e guardas-florestais moçambicanos, anunciou a embaixada dos Estados Unidos da América (EUA) em Maputo.

Segundo o documento, no âmbito do programa Formação Conjunta de Intercâmbio Combinado (JCET, na sigla em ingles), mais de 100 comandantes e guardas-florestais moçambicanos vão ser capacitados pelas Forças de Operações Especiais dos EUA.

Além da capacitação, o programa vai reforçar o equipamento médico e de comunicação das unidades treinadas, acrescenta a nota.

“Em toda a nossa assistência à segurança, os Estados Unidos dão prioridade ao respeito pelos direitos humanos e à protecção dos civis”, declarou Dennis Hearne, embaixador dos EUA, citado no comunicado.

Lançado em Maio de 2021, o programa visa capacitar elementos do Exército moçambicano em matérias ligadas à “tácticas de combate e de salva vidas”.

O apoio dos EUA ocorre num momento em que Moçambique enfrenta grupos terroristas que têm protagonizado ataques armados desde Outubro 2017 na província de Cabo Delgado, norte do país.

No combate aos grupos terroristas, o país conta com o apoio do Ruanda, no âmbito das relações bilaterais entre os dois Estados, e da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral, que aprovou em junho o mandato de uma “força conjunta em estado de alerta”.(Jornal Notcias)